Home / ATUALIDADES / Igreja cobra ingresso para culto com a pregadora Camila Barros

Igreja cobra ingresso para culto com a pregadora Camila Barros

Cobrar ingresso para as pessoas assistirem a pregadora Camila Barros dentro da igreja, é algo que algumas pessoas não estão tolerando em Vila Velha-ES.

A missionária Camila Barros ficou no centro de uma polêmica na cidade de Vila Velha no Espirito Santo, depois que uma igreja resolveu cobrar ingresso para as pessoas assistirem a ministração da pregadora.

Organizado pelos pastores Winter e Alessandra da igreja que é chamada apenas de “A Igreja”, o evento será uma conferência de direcionamento espiritual, e o valor do ingresso, ou investimento como eles chamam, é R$10.00 (Dez reais).

A polêmica se deu, pelo fato de que o evento é em uma igreja, dentro do templo, nas redes sociais as pessoas questionaram se é certo cobrar para as pessoas entrarem na igreja, principalmente porque igreja é isenta de impostos justamente por ser uma instituição religiosa que aceita a todos com ou sem dinheiro, ao contrário de uma casa de eventos.
Se as igrejas começarem a cobrar para as pessoas assistirem a pregação do pastor A ou B, esteremos perdendo o objetivo do que é ser igreja, disse um dos internautas.

Camila Barros é uma das 5 maiores pregadoras do Brasil, e isso faz com que seja lucrativo qualquer evento que envolva seu nome.

O fato é que é comum esse tipo de evento pelo Brasil a fora, mas geralmente ocorrem em clubes ou casa de eventos, quando é cobrado o ingresso para as pessoas entrarem na igreja, é natural que haja sempre esse tipo de polêmica.

Leia: Missionária Camila Barros como você nunca viu

Apesar da pregadora Camila Barros não ter nada haver com a realização e organização do evento, ter seu nome envolvido em polêmicas como essa não é bom para sua imagem, principalmente porque ela sabe que será cobrado ingresso.
Alguns pregadores e cantores costumam não aceitar esse tipo de agenda, um deles é o cantor Samuel Mariano.
Samuel evita a todo custo ministrar em eventos bilhetados, seja em eventos de casa de show e principalmente dentro das igrejas, se for cobrado, Samuel Mariano costuma não aceitar o convite independente do cachê.

Cabe então a assessoria da pregadora Camila Barros ficar atenta a esses detalhes.

*Atualização

Em Nota, a assessoria da Igreja prestou o seguinte esclarecimento:

Inicialmente que não se trata de um culto, culto tem liturgia, congresso tem uma programação. Os cultos da A IGREJA ocorrem nas Terças-feiras, Quarta-feira e Domingo com entrada Gratuita.
O evento em questão se trata de um “Congresso de direcionamento Espiritual”, conforme informado no Banner do Evento, e que o valor de inscrição de R$ 10,00 (Dez Reais) é para ajudar a custear os gastos do congresso e o evangelismo no sertão.
Que os Responsáveis pelo evento não possuem interesse em lucros, haja vista que o valor cobrado é irrisório, e que a assistência social da A Igreja está custeando para aqueles que não possuem condições de arcar com a inscrição, sendo dessa forma amplamente divulgados nos cultos da igreja.
Contudo, cabe esclarecer que a lei não veda a realização de eventos por entidades sem fins lucrativos no intuito de arrecadar recursos para desenvolvimento e custeio das suas atividades.
Sem mais no momento, nos colocamos a disposição
Assessoria Jurídica de A IGREJA.

About Gamaliel

Check Also

Militantes LGBTs vandalizam igrejas e pedem que cristãos sejam crucificados, na Austrália

Militantes LGBTs vandalizam igrejas e pedem que cristãos sejam crucificados, na Austrália Várias igrejas na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: